• Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon
  • Black Instagram Icon

UMAMI | Comunicação em Gastronomia

contato@umamicomunicacao.com.br

31 9 8637 7241 / 9 8204 4283

A Gastronomia Norte Americana

November 13, 2017

 

Conhecido pelos fast foods e churrascos, os Estados Unidos possuem uma vasta gastronomia além desses estereótipos. Variando entre o tradicional e o contemporâneo, essa rica culinária possui influências internacionais para compor pratos que caem no gosto do mundo inteiro com frequência.

 

Para conhecer a gastronomia norte americana, precisamos entender o cenário em que ela está inserida. Para isso, separamos alguns tópicos que podem ser essenciais para o contexto:

 

Os índios:

Antes da colonização inglesa a região pertencia aos índios norte-americanos, que deixaram como herança um dos principais ingredientes utilizados até hoje no país: o milho. A influência é clara em pratos tradicionais como o creme de milho, as corn dogs (espetinhos de salsichas cobertas com uma massa feita de milho), os corn flakes (cereal) e até mesmo a cerveja americana feita com o grão.

 

A ausência da realeza:

No início, a culinária dos Estados Unidos adquiriu uma matriz inglesa devido a sua colonização. Entretanto,  como o país não possuía reis e rainhas, a ausência de uma corte real não ajudou no desenvolvimento da gastronomia local. Tradicionalmente os castelos europeus contavam com cozinheiros experientes, contratados apenas para criar novos pratos para que a realeza pudesse comer.

 

A sobrevivência:

Quando os europeus chegaram pela primeira vez na América do Norte,existia uma preocupação de “comer para sobreviver”. Assim, surgiu o conceito da culinária prática, que tinha como função apenas a sobrevivência do habitante. Com o passar do tempo, a sobrevivência foi substituída pela falta de tempo dos grandes pólos industriais, dando espaço para os fast foods e alimentos pré-preparados que são até hoje uma das marcas registradas do país.

 

Os escravos:

Assim como no Brasil, a chegada dos escravos trouxe muita diversidade cultural e gastronômica para o país. Os africanos trouxeram ingredientes como o quiabo, o inhame e o amendoim. Já as pessoas que vinham do Caribe apresentaram diversos condimentos tradicionais de seu país para que o sabor se tornasse ainda mais apurado por lá. Além disso, eram os escravos os responsáveis pelo manejo das churrasqueiras em todo o sul do país, desenvolvendo o tradicional churrasco americano que todos tanto amam hoje.

 

Os imigrantes:

Os chineses e os italianos foram os primeiros imigrantes a contribuir com sua culinária nos EUA. Mais tarde, devido ao american dream*, pessoas de todos os locais do mundo trouxeram consigo um pouco de seus pratos típicos.

 

Irlandeses, mexicanos, franceses, japoneses e tailandeses são exemplos de imigrantes que ajudaram na incorporação e a adaptação de pratos trazidos no decorrer das décadas, o que resultou em uma comida rica e diversificada nas mesas e nos restaurantes dos Estados Unidos.

 

Alguns pratos típicos:

 

Frango frito

Tradicionalmente, o prato é servido com batata frita ou outros acompanhamentos, tais como a salada de repolho, milho cozido, feijão estilo americano (baked beans) ou purê de batata (mashed potato). 

 

Baby back ribs

Costelas de porco cozidas e cobertas com molho barbecue. Sua origem é atribuída à época da Guerra Civil norte-americana (1861–1865) e suas técnicas de preparo variam de acordo com a região, incluindo, diferenças no corte da carne, nos ingredientes do molho e no tipo de acompanhamento.

 

Torta de maçã,

Tipicamente servida no tradicional Dia de Ação de Graças, a torta de maçã é feita com canela e uma massa crocante e dourada.


Molho barbecue

Utilizado em churrascos, possuem sabor forte e marcante e podem ser adocicados ou apimentados. 

 

Onion rings

Anéis de cebola empanados e fritos.


Donuts

É um pequeno bolo em forma de rosca. Consiste numa massa açucarada frita, que pode ser coberta com diversos tipos de coberturas doces coloridas, como por exemplo o chocolate.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload